"Saudade é não saber. Não saber o que fazer com os dias que ficaram mais compridos, não saber como encontrar tarefas que lhe cessem o pensamento, não saber como frear as lágrimas diante de uma música, não saber como vencer a dor de um silêncio que nada preenche."

Martha Medeiros

domingo, 28 de novembro de 2010

Tão simples, e a gente complica.


"Me dê noticias de você,
eu gosto um pouco de chorar
a gente quase não se vê,
me deu vontade de lembrar..."
(Chico Buarque)

''Eu vivo me perguntando PORQUÊ complicar umas coisas tão simples! A vida vive nos dando oportunidades e pessoas, porém, às vezes estamos tão ligados às mesmas pessoas e hábitos, que deixamos de viver coisas novas e maravilhosas. Temos o péssimo hábito de achar que as pessoas vão completar nossa alma, nos trazer paz, mas na verdade elas só vão nos fazer felizes que nós mesmos estivermos livres e abertos para dar e receber amor. E isso é algo que apenas nós mesmos podemos fazer! Eu vivo me perguntando também porque eu não penso sempre assim.. Tenho que parar de ser neurótica com as coisas! A melhor coisa é deixar de dar tanta atenção para o exterior e olhar um pouco para você mesmo com bons olhos, só desse jeito os outros poderão fazer o mesmo. Ai, sei lá, desabafei. Sempre que eu escrevo coisas desse tipo me sinto melhor. O maior perigo da vida é tomar precauções demais!''

Achei este texto em um fotolog aleatório e me identifiquei, ou melhor, me fez pensar. E realmente, é verdade.