"Saudade é não saber. Não saber o que fazer com os dias que ficaram mais compridos, não saber como encontrar tarefas que lhe cessem o pensamento, não saber como frear as lágrimas diante de uma música, não saber como vencer a dor de um silêncio que nada preenche."

Martha Medeiros

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Mas nada me impede de pensar
Que um dia o tempo até possa voltar
Pra trazer de novo
Tudo de novo
Os passos que tracei quando saí
Com o tempo me trouxeram até aqui
Marquei todo caminho
Pra voltar sozinho

E hoje paro pra pensar
No que me importa
Se o tempo não for mais voltar
Boa noite, Cinderela.

Um comentário:

  1. gostei do seu cantinho, estou te seguindo.
    beijoos.

    passe no meu cantinho também
    a-valsa-da-vida.blogspot.ocm

    ResponderExcluir